APRENDENDO A ORAR - OLMIR A. TOCHETTO

"Nas páginas deste livro você encontrará a única fórmula eficaz para uma vida completa. Você comprovará que a oração é o caminho para a ação Divina consertar e ajustar todos os relacionamentos da sociedade. Sempre que oramos recebemos forças diretamente do trono de Cristo para trazer calma ao nosso coração e esperança para nossa vida. Um relacionamento íntimo com Deus é a maior benção que alguém pode ter. Tenha certeza que a leitura desta obra fará a diferença em sua vida, trazendo-lhe felicidade e desejo de ajudar o próximo."                                                                                                                                                                                  Eu confesso que peguei esse livro sem dar nada pra ele. Este é um livro que simplesmente apareceu por aqui (talvez tenha comprado ele no semáforo ou passaram distribuindo na minha casa, não tenho ideia), mas como é da minha feição guardar tudo que seja papel e tenha capa, aqui estou. 

Vocês têm de concordar comigo quando digo que não dava nada pra ele ao ver esta capa. Mas, juro que me surpreendi quando comecei a ler, fiz marcações em todos os capítulos.
                                                    
Informações Gerais:
Ano: 2010
Páginas: 119
Editora: Independente
Compre: aqui.
Minha nota: 


Tenho até uma história pra contar sobre este livro: estava lendo no ônibus, como de costume, e um daqueles curiosos que insiste em ver a capa do seu livro, tentando espiar ali (eu não deixava ele ver não, lógico). Até que ele me cutucou: "Que livro é esse aí, moça?" Queria poder mostrar algo mais intelectual, ele deve ter achado que eu era mó crentona, enfim. Daí, ele tirou da bolsa um outro livro desse autor (olha a coincidência!!!), viramos melhores amigos a partir daí e.... MENTIRA ESSA PARTE. Mas foi bacana conversar sobre livros com alguém desconhecido.

Sei que falar de religião é assunto complicado, mas os ensinamentos que o livro traz não quer dividir religiões, são ensinamentos gerais para quem é religioso e acredita em Alguém superior a nós. Por isso, leia sem preconceitos. Mantenha a mente aberta e pegue como uma leitura válida mesmo que não seja tão religioso assim, para conhecer um pouco mais.

O autor trata de assuntos como: definição de oração, diferença entre oração e pedido, duração da oração (quanto tempo você precisa por dia), qual o objetivo da oração, onde você pode buscar motivos para orar, as respostas da sua oração (quando você ora pedindo a cura de uma doença, por exemplo, desde que você com fé haverá uma resposta divina, mas você também precisa ficar atento à sua alimentação, hábitos diários, atividade física, etc, porque essa resposta dependerá de você). Já dizia Jesus, que o corpo é o depósito da alma. Nós gloriamos muito nossas almas e esquecemos do corpo que nos foi dado.

O livro fala também: de orar sem desistir (a resposta pode ser demorada), oração e sua relação com a Bíblia, oração intercessora (a verdadeira oração é aquela que você faz pelos outros), importância do jejum (eu sinceramente só conheço 1 pessoa que jejua toda semana e leva a sério, não sabia o por quê esse hábito é tão importante), a maior tentação do ser humano (qual sua maior tentação?), oração e amor no casamento (casamento hoje em dia perdeu o "para sempre" né?). Aprendi com uma grande amiga e bem sucedida na vida conjugal que "num casamento você não se casa para ser feliz, mas para fazer o outro feliz" e é isso que falta os jovens casais entenderem.

Depois, ele ainda fala da oração como fonte do bem, da polêmica volta de Jesus - é um tema que eu tenho lido com mais frequência, porque foi esse livro aliás que me despertou o interesse para estudar sobre, e que descobri que "isso só se dará no dia em que TODAS as pessoas do mundo orarem pela sua volta", o contrário do que sempre tinha ouvido que "Jesus só voltará quando não sobrar mais nenhuma alma boa sobre a terra" -, orações e conversões, controle da língua (para a fofoca principalmente, o que não fica restrito só ao que sai da boca, mas ao que digitamos nas redes sociais também), lutas do cristão, domínio da vontade, orações na família (mesmo estando longe de formar uma família, são coisas boas para se aprender desde já, o que pode evitar que eu passe por situações, como as que ele cita, no futuro).

Este autor é um grande fã da Ellen White, a quem ele cita várias vezes durante o livro. Como fiz muitas marcações, deixarei para postá-las nas Minhas Quotes.

"Que Deus ensine seu povo a rezar". - OE177



Beijos e até a próxima!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS 17 MELHORES SUSPENSES DE TODOS OS TEMPOS

VOCÊ CONHECE: BERNARDO PELLEGRINI? [3/4]

VOCÊ CONHECE: BERNARDO PELLEGRINI? [4/4]