O DIÁRIO DE UM MAGO - PAULO COELHO

    "Ele levantou sua mochila do chão, e eu reparei que havia uma concha desenhada na parte de trás. Tirou de dentro uma garrafa de vinho, tomou um gole e me estendeu. Enquanto bebia, perguntei quem era o cigano. 
   - Esta é uma rota de fronteira, muito utilizada por contrabandistas e por terroristas refugiados do País Basco-espanhol - disse Petrus. - A polícia quase não vem por aqui.
   - Você não está me respondendo. Vocês dois se olharam como velhos conhecidos. E eu tenho a impressão de que também conheço ele. 
    Petrus deu um riso e pediu que começássemos a andar. Peguei minhas coisas e caminhamos em silêncio. Mas pelo riso de Petrus, eu tinha certeza de que ele tinha chegado à mesma conclusão que eu. 
    Nós havíamos encontrado um demônio."

    Durante três meses, o jornalista e compositor Paulo Coelho cruzou a pé os quase setecentos quilômetros que separam o sul da França da cidade de Santiago de Compostela, na Galícia. Esta é a história de um homem em busca dos mistérios sagrados da Magia, seu surpreendente encontro com um guia italiano, as experiências místicas conhecidas como As Práticas de RAM, e a peregrinação através de um dos três caminhos sagrados da Antiguidade: O Estranho Caminho de Santiago.


Informações Gerais:
Ano de Lançamento: 1991 -57ª edição
Número de Páginas: 246
Editora: Rocco
Como obter: http://www.saraiva.com.br/o-diario-de-um-mago-3892308.html

Minha nota:

    Esse livro entrou para os meus favoritos. Em segundo lugar, porque em primeiro está As Crônicas de Nárnia, claro ! Gente, eu tirei muita coisa bacana dele. Pelo o que eu pude contar, fiz 47 marcações de citações que eu gostei, as vezes marquei uma página inteira de tão bom. Os capítulos tem um formato que ajuda na leitura, por exemplo, ele conta o que aconteceu em determinado trajeto do caminho e uma das Práticas de RAM. É ligeiramente curto, eu demorei duas semanas pra ler. Fui devorando devagar cada capítulo para poder tirar o máximo deles. E apesar de ter sido uma releitura pra mim, posso dizer que abstrai bem mais do que na primeira vez.
    No começo do livro tem um mapa apontando o caminho que o próprio autor vai percorrer: o famoso Caminho de Santiago de Compostela que fica ao Sul da França, na Galícia. É incrível porque é bem detalhado, pontua cada parada nos vilarejos, nas cidades que abrigam os peregrinos. Aliás, tudo é incrível ! A forma como Paulo Coelho descreve em 1ª pessoa seus sentimentos, as paisagens por onde ele passa e, até muitas vezes, onde ele pernoita traz a impressão de estar fazendo parte da história.
    O livro vai contar então, que ele está atravessando esse caminho em busca de sua espada. Por isso, conta com a ajuda de um guia italiano chamado Petrus - muito inteligente, com tiradas muito boas, ensinamentos lindos inclusive ensina à Paulo as Práticas de RAM. As Práticas de RAM ou Regnus Agnus Mundi é uma ordem católica que estuda por meio de símbolos a religião interligada com a magia. Essa ordem não tem sede e não foi encontrado nenhum registro dela dentro da Igreja Católica, talvez seja uma criação literária de Paulo Coelho, talvez não; mas é muito interessante perceber os pontos em comum da religião fortemente ligada à magia. 
    Algumas das Práticas de RAM são descritas no livro a cada capítulo. Nessa edição há sempre uma página decorada com conchas e ramos (veja detalhes no Flickr: clique aqui ) onde estarão os exercícios praticados pelo autor. Por exemplo, o Exercício da Semente: pede que você se ajoelhe no chão, feche os olhos, respire fundo e etc. o que é muito legal, dá pra fazer em casa. Vai te fazer perceber os sons e os cheiros ou enxergar as coisas que estão a sua volta, mas que por causa da rotina corrida, passam despercebidas. Eu fiz alguns porque tem uns que são muito pesados, como cutucar o cantinho da sua unha até sangrar.
    O lugar de peregrinação no Brasil para nós católicos é Aparecida do Norte, mas existem três caminhos muito conhecidos também que são citados aqui e que viraram objetivos da minha vida religiosa:
"Assim como a tradição muçulmana exige que todo fiel faça, pelo menos uma vez na vida, a caminhada que Maomé fez de Meca a Medina, o primeiro milênio do cristianismo conheceu três rotas consideradas sagradas, e que resultavam numa série de bençãos e indulgências para quem percorresse qualquer uma delas. A primeira rota levava até o túmulo de São Pedro, em Roma, seus caminhantes tinham por símbolo uma cruz e eram chamados de romeiros. A segunda rota levava até o Santo Sepulcro de Cristo, em Jerusalém, e os que faziam este caminho eram chamados de palmeiros porque tinham como símbolo as palmas com que Cristo foi saudado quando entrou na cidade. Finalmente, existia um terceiro caminho - um caminho que levava até os restos mortais do apóstolo São Tiago, enterrados num local da península ibérica onde certa noite um pastor havia visto uma brilhante estrela sobre um campo. A lenda conta que não apenas São Tiago, mas a própria Virgem Maria, estiveram por ali logo após a morte de Cristo, levando a palavra do Evangelho e exortando os povos a se converterem. O local ficou sendo conhecido como Compostela - o campo da estrela - e logo surgiu uma cidade que iria atrair viajantes de todo o resto do mundo cristão. A estes viajantes que percorriam a terceira rota sagrada, foi-lhes dado o nome de peregrinos, e passaram a ter como símbolo uma concha."
    Indico esse livro para todo mundo, independente da sua religião. E para católicos que deixem abrir suas mentes, porque tem muitas citações bíblicas, muitas conclusões legais. Para mim foi interessante, porque estou lendo a Bíblia, tentando ler de um jeito diferente do que eu já li, como vocês têm acompanhado aqui no blog.
   Mas e o desfecho? Será que ele encontrou mesmo sua espada? Será que ele não descobriu o segredo da sua espada? Ou então, ele voltou para casa,continuou sua vida sendo o mesmo homem que era antes de atravessar o caminho de Santiago? Leiam para descobrir. Recomendo !


Paulo Coelho nasceu no Rio de Janeiro, em 1947. Aos 23 anos, depois de um curto período como diretor e autor teatral, resolveu dedicar-se inteiramente à música e ao jornalismo. Editou em 1972 a revista 2001 - que retratava o estilo de vida dos anos 70. Também a partir desta data iniciou seus estudos sobre Magia e Ocultismo, tendo ingressado em diversas Ordens e participado de vários seminários sobre o assunto. Compositor, foi responsável por vários sucessos de Raul Seixas ( Eu Nasci Há Dez Mil Anos Atrás, Al Capone); Rita Lee (Esse Tal de Roque Enrow, Arrombou a Festa n.º 1 e n.º 2); Maria Bethânia (Gita); Elis Regina (Me Deixas Louca); entre outros. Escreve para várias revistas e jornais do Brasil e do Exterior, e entre seus livros publicados estão "Arquivos do Inferno", e "O Manual Prático do Vampirismo".

Beijos pessoal, até mais :*



--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ESSE POST FAZ PARTE DO DESAFIO LITERÁRIO 2015
TEMA 7 - LIVRO ESCRITO POR HOMEM

Comentários

  1. Seu blog é sensacional... mas gosto é gosto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio Gilberto e realmente, Paulo Coelho ou é muito amado ou muito odiado.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

OS 17 MELHORES SUSPENSES DE TODOS OS TEMPOS

VOCÊ CONHECE: BERNARDO PELLEGRINI? [3/4]

VOCÊ CONHECE: BERNARDO PELLEGRINI? [4/4]