AS CRÔNICAS DE NÁRNIA: O SOBRINHO DO MAGO - C. S. LEWIS

"A aventura começa quando Digory e Polly vão parar no gabinete secreto do excêntrico tio André. Ludibriada por ele, Polly toca o anel mágico e desaparece. Digory, aterrorizado, decide partir imediatamente em busca da amiga no Outro Mundo. Lá ele encontra Polly e, juntos, ouvem Aslam cantar sua canção ao criar o mundo encantado de Nárnia, repleto de sol, árvores, flores, relva e animais."




    O Sobrinho do Mago é a primeiro livro da série As Crônicas de Nárnia, que é composta por sete livros. Este é o único livro da série que não foi adaptado para os cinemas. O que é uma pena porque, na minha opinião, é o melhor dos sete, o meu preferido !
    A história se passa em Londres (Inglaterra), na época do Sherlock Holmes, onde vivia a família de Polly. Uma garotinha que sempre brincava sozinha até o certo dia em que descobriu na casa vizinha um menino chamado Digory. O menino estava passando um tempo na casa de sua tia, pois sua mãe estava enferma (se quer saia da cama). Os dois logo começaram a brincar e Polly mostrou a ele, seu esconderijo secreto no sótão.
    O sótão dava fácil acesso aos sótãos das casas vizinhas que eram interligadas. Decidiram explorar então, uma casa que estava abandonada ali no bairro. Mas caíram exatamente na casa de Digory, e por azar, bem no quarto de tio André. Tio André era um maluco; apesar de morar na mesma casa, o menino nunca tivera contato com ele antes porque sua tia não deixava.
    O que mais chamou a atenção das crianças foi alguns anéis dispostos sobre uma bandeja em cima da mesa: dois verdes e dois amarelos. Polly não se conteve e tocou no anel amarelo. E sumiu. Digory assustado, ouviu a explicação que tio André tinha. Os anéis eram mágicos, tio André os fez usando um pó de magia que recebeu de sua madrinha falecida bruxa e agora estava usando as crianças como cobaias. Com muita raiva, Digory não quis saber de nada. Pegou os anéis verdes (os quais poderiam trazê-os de volta para casa) e tocou no anel amarelo para ir pra onde Polly estava. Encontrou-a no Bosque entre Dois Mundos, um lugar mágico e extremamente calmo, onde até se podia ouvir as árvores crescerem e que continha pequenos lagos espalhados por toda a volta, inclusive um lago por onde Digory emergiu. Mas e os outros? Levariam-lhes para outros mundos? Para Nárnia?




Informações Gerais:
Ano de Lançamento: 2014
Número de Páginas: 184
Editora: Wmf Martins Fontes
Como obter: http://www.submarino.com.br/produto/117731739/livro-o-sobrinho-do-mago-as-cronicas-de-narnia

Minha nota:


    Essa minha edição é a de volume único, então esse primeiro livro aqui vai até a página 97. Eu já vi muita gente reclamar dessa edição porque as páginas são brancas, porque as letras são pequenas e as folhas têm um aspecto de folhas de Bíblia, mas eu não vejo tanto problema assim. O livro tem umas ilustrações lindíssimas em preto e branco que marca todo começo de crônica e também para marcar o início dos capítulos. E gente, além de boa e curtinha, essa história te prende de uma maneira tal, que você vai acabar lendo em um único dia. Quem já me acompanha sabe que As Crônicas de Nárnia é o meu livro preferido da vida, o que torna mais difícil ainda montar uma boa resenha. Minha vontade é de contar todos os mínimos detalhes, mas não quero dar SPOILER que tanta gente detesta.




C. S. Lewis

O Autor


Foi professor universitário, escritor, romancista, poeta, crítico literário, ensaísta, estudioso da literatura medieval e renascentista e apologista cristão britânico. Amigo de J. R. R. Tolkien. Clive Staples Lewis nasceu na Irlanda em 1898. Passava a maior parte do seu tempo lendo ao invés de brincar com as outras crianças. Seu apelido era Jack. Perdeu sua mãe aos 10 anos de idade, o que o fez ainda mais isolado, buscando refúgio nas histórias que lia.











Obrigada por acompanhar o blog. Grande beijo e até mais !

Comentários

  1. Oiee ^^
    Ainda não li "As crônicas de Nárnia". Na verdade, é um dos poucos livros famosos que eu não tenho curiosidade de conhecer *-* não sei se é por conta do tamanho do livro, ou a história mesmo. Mas o coloquei na meta de 2016 só de birra...haha'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Comprei esse livro ano passado, mas ainda não li, só vi os filmes, até comecei a ler esse, mas acabei deixando de lado, pretendo ler o livro todo ainda esse ano, gostei da resenha.
    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Nem sabia que ele existia!
    Não sou fã do mesmo e prefiro não arriscar!
    Fico no mundo e não ultrapasso

    Beijos,
    Karine - Lendo no Inverno

    ResponderExcluir
  4. Olha até hoje eu ainda não li o livro das CRONICAS DE NARNIA.
    Quer dizer...comecei a fazer a leitura, mas não continuei.
    Tenho aquele volume ÚNICO sabe? Queria muito ler as estórias, mas quando começo acabo desistindo e quero muito saber sobre as outras estórias, porque adoro o filme. Espero ter a oportuinidade de termina-lo assim que puder. Adorei a sua resenha. Ficou muito bem escrita e espero que venha a sair o filme dele também =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/09/resenha-menina-que-semeava.html

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Tudo joia?
    Até hoje eu nao li As Crônicas de Narnia! :/
    Ja vi o primeiro filme e gostei muito, mas ainda nao peguei o livro pra ler. Vou comprar aquela edição unica ainda.
    Beijos
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    O sobrinho do mago é uma minha 2ª crônica favorita desse livro, fica atrás apenas de "a cadeira de prata". Li todas o ano passado, mas não criei uma afeição tão grande assim rs. Sou daquelas que não gostam dessa edição. Bjus!!!
    http://lendoaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Olha eu nunca li As Crônicas de Nárnia, tenho muita vontade!
    Eu tenho O Sobrinho do Mago aqui, agora fiquei mega empolgada em dar inicio a leitura rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Heloísa, sua linda, tudo bem
    Eu acho essas crônicas fantásticas, todos deveriam ler independentemente da idade. Já pensou estar na época de Sherlock Holmes e poder se aventurar por outros mundos através desses anéis, quem não gostaria, é mágico!!!!!! Não vejo a hora de ler o livro, eu só vi os filmes, e essa crônica realmente, tem uma charme todo especial. Gostei muito da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá! Esse livro é maravilhoso, um universo incrível. Li quando criança e não entendi muitas das metáforas colocadas pelo autor. Tenho muita vontade de reler. Sei que será uma experiência completamente diferente e transformadora. Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu gostei bastante da sua resenha, mas esse é um livro que não consigo ler. Gostei do filme, mas pra ler não rola.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

OS 17 MELHORES SUSPENSES DE TODOS OS TEMPOS

ESPECIAL | CRONISTA DO MÊS #14

O SEMINARISTA - BERNARDO GUIMARÃES