VOCÊ CONHECE: ADRIANO GARIB ?

A ARTE DE CONSTRUIR RUÍNAS [FRAGMENTOS]

    "Em suas caminhadas, dispensa especial atenção às ruínas, diante das quais sempre para. Fica ali por alguns minutos, tentando intuir em que medida aquilo diz algo sobre alguma coisa, e por que, afinal, o fascinam tanto. Está habituado a dizer que ruínas são rosários de fragilidades. Algo que foi e já não é. Ou que mal chegou a ser. Algo que, apesar da sucessão dos anos, deixa entrever, aqui e ali, imperceptíveis vestígios de coisas capazes de manter a ação do tempo suspensa. Coisas frágeis que, a despeito disso, conservam a insondável qualidade de transfigurar-se para seguir sendo, de perseverar no ser."

***

"- Teme estar desperdiçando sua vida?
 - É provável. Não sei se terei outra.
 - Arrepende-se do que fez? Ou do que deixou de fazer?
 - O que fiz não foi muito.
 - Teme a solidão?
 - A solidão é nauseante às vezes. Às vezes é bom estar só.
 - O que mais gosta de fazer quando está só?
 - Inventar destinos. Olhar as pessoas na rua, como se as fotografasse, e perguntar: o que será daquela moça daqui a 30 anos?
 - Não se preocupa com o próprio destino?
 - Sou um fraco. Os fracos precisam encontrar maneiras de deixar o destino operar sem concessões. Não há como negociar com o destino. Não para mim, em todo o caso.
 - E se o destino for uma sucessão de acasos e isto o levar a um lugar ruim?
 - Aceitarei isto com resignação.
 - Prefere depender da sorte?
 - ...
 - E se disser que é possível negociar com qualquer coisa, inclusive com o destino?
 ...
 - O que quer que eu faça?
 - Não respondo a perguntas.
 - ...
 - O que acha de sua vida agora?
 - Não posso reclamar.
 - Não?
 - Não posso.
 - "Uma vida irrefletida não vale a pena ser vivida."
 - Só o que faço é refletir sobre a minha.
 - Você se desespera?
 - Não ouvi.
 - Você se desespera?
 - Constantemente.
 - Como suporta a dor?
 - Apesar de tudo, sou homem esforçado.
 - Você se esforça para não se lamentar?
 - Me esforço para aceitar as coisas como são.
 - E aceita?
 - Diria que sim.
 - Diria que sim? ou aceita?
 - ...
 -  E se o Destino escolhesse te fazer sofrer de forma intolerável?
 - Me esforçaria para tolerar.
 - E se não conseguisse?
 - Não toleraria.
 - Neste caso, o que faria?
 -  Sofreria a dor em silêncio.
ADRIANO GARIB 
 - Não pediria socorro?
 - Talvez.
 - Crê que alguém possa ajudá-lo?
 - Talvez.
 - E se dissesse que ninguém pode? Que só você pode se ajudar?
 - ...
 - E que viver é estar sozinho com sua dor?"   


    Adriano Garib nasceu na cidade de Gália, São Paulo em 1965. Iniciou sua carreira no teatro no começo da década de 1980, em Bauru (SP), e, depois de fazer algumas peças com o diretor Paulo Neves, se mudou para Londrina - PR, para cursar jornalismo na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Na cidade, integrou o Grupo Delta de Teatro, um dos principais de lá e também a Companhia Armazém de Teatro, dirigida por Paulo de Morais, que revelou talentos como Dan Stulbach.

À ESQUERDA: ADRIANO GARIB NO GRUPO DELTA DE TEATRO EM LONDRINA E À DIREITA: ADRIANO GARIB NA PEÇA NU DE MIM MESMO NA COMPANHIA ARMAZÉM DE TEATRO DO RIO DE JANEIRO.

    Também compôs letras e canções para artistas locais, como o grupo Karadrás, do qual foi vocalista, e também para o guitarrista paulistano Bruka Lopes. Na televisão, começou trabalhando na novela "Salsa e Merengue", da TV Globo, em 1996, e depois fez inúmeras participações em minisséries, como "O Quinto dos Infernos", "A Casa das Sete Mulheres" e "A Grande Família". Em 2010, fez parte do elenco da novela "Passione", e começou a receber papéis de maior destaque, como Silvano em "Duas Caras" - chefe da personagem Maria Paula, vivida pela atriz Marjorie Estiano.

Relembre aqui todos esses personagens: http://globotv.globo.com/rede-globo/video-show/v/video-show-revira-o-bau-e-relembra-os-papeis-de-adriano-garib/2417424/

    No cinema, Adriano Garib participou de dois filmes de grande sucesso pelo país: "Meu Nome Não É Johnny", de 2008, e "Tropa de Elite 2", em 2010. Por causa deles, foi chamado para trabalhar na novela da TV Record "Vidas em Jogo" e, logo após, no ano de 2012 ganhou grande notoriedade interpretando o vilão Russo na novela "Salve Jorge", da autora Glória Perez.


E você, conhecia toda a carreira dele? Ou assim como eu, pensava que ele tinha trabalhado apenas como ator ? Deixe nos comentários. 
                                                     Grande beijo, até semana que vem!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS 17 MELHORES SUSPENSES DE TODOS OS TEMPOS

VOCÊ CONHECE: BERNARDO PELLEGRINI? [3/4]

VOCÊ CONHECE: BERNARDO PELLEGRINI? [4/4]