FILME | MEMÓRIAS PÓSTUMAS

Título Original: Memórias Póstumas

Direção: André Klotzel

Elenco: Reginaldo Faria, Petrônio Gontijo, Marcos Caruso, Stepan Nercessian, Viétia Rocha, Débora Duboc

Gênero: Comédia/Drama

Duração: 101 min

Classificação: 12 anos

Sinopse:  Após sua morte em 1869, Brás Cubas, disposto a se distrair um pouco da eternidade, decide narrar suas memórias e revisitar os fatos mais marcantes de sua vida. E adverte: "A franqueza é a primeira virtude de um defunto".

E é com desconcertante sinceridade que Brás Cubas conduz o espectador à sua infância e juventude, relembrando incidentes familiares e personagens como o amigo Quincas Borba que reencontra adulto como mendigo e depois milionário. Discorre sobre sua displicente formação acadêmica em Portugal e o discutível privilégio de nunca ter precisado trabalhar.

Com a mesma franqueza, Brás Cubas convida o espectador a testemunhar sua tumultuada vida amorosa. Lembra o primeiro amor, a cortesã espanhola Marcela que amou-o por "15 meses e 11 contos de réis". O segundo amor, a jovem Eugênia, que "apesar de ser bonita era coxa". Depois, Brás Cubas apaixona-se por Virgília, mas esta acaba optando pelo bem-sucedido político Lobo Neves.
Abordando o cotidiano ou acontecimentos nacionais, na vida ou na morte, Brás Cubas alterna ironia e amargura, melancolia e bom-humor. Em qualquer estado de espírito, ele nos surpreende pela irreverência e devastadora lucidez.


Trailer:



Avaliação: 

O filme é baseado na obra de Machado de Assis com o mesmo título "Memórias Póstumas de Brás Cubas" e pode confiar no que digo, é MUITO fiel ao livro. Foi lançado em 2001 nos cinemas brasileiros. Eu recomendo primeiro ler a obra na qual o filme foi baseado, o que faz mais sentido né?
Mas se não quiser, achar chato a maneira como o autor escreve, tudo bem pula logo pro filme. Eu sei disso, porque já tive uma grande birra com ele, quando li Papéis Avulsos.

O filme é muito engraçado. O elenco é excelente, a trilha sonora também é bem gostosinha de ouvir. Enfim, acho que eu gostei demais, um dos meus favoritos. Quem imaginaria uma coisa dessas?
Muita gente julga os filmes nacionais mas você deve dar uma chance, porque há bons filmes nacionais, sim. Só procurar.

Essa é a melhor parte do filme, ri demais quando eu disse a seguinte frase: "Por que coxa se bonita, por que bonita se coxa?" Fica a reflexão aí.

Beijos e até a próxima!



"Seja velho, seja menino, use Brás Cubas,o emplasto divino." 



Fonte: Site Oficial

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS 17 MELHORES SUSPENSES DE TODOS OS TEMPOS

VOCÊ CONHECE: BERNARDO PELLEGRINI? [3/4]

DIÁRIO DE LEITURA - A GUERRA DOS TRONOS #1