A ÚLTIMA CARTA DE AMOR - JOJO MOYES

"Londres, 1960. Ao acordar em um hospital após um acidente de carro, Jennifer Stirling não consegue se lembrar de nada. Novamente em casa, com o marido, ela tenta sem sucesso recuperar a memória  de sua antiga vida. Por mais que todos à sua volta pareçam atenciosos e amáveis, Jennifer sente que alguma coisa está faltando. É então que ela descobre uma série de cartas de amor escondidas, endereçadas a ela e assinadas apenas por "B", e percebe que não só estava vivendo um romance fora do casamento como também parecia disposta a arriscar tudo para ficar com seu amante. Quatro décadas depois, a jornalista Ellie Haworth encontra uma dessas cartas endereçadas a Jennifer durante uma pesquisa nos arquivos do jornal em que trabalha. Obcecada pela ideia de reunir os protagonistas desse amor proibido - em parte por estar ela mesma envolvida com um homem casado -, Ellie começa a procurar por "B", e nem desconfia que, ao fazer isso, talvez encontre uma solução para os problemas de seu próprio relacionamento. Com personagens realísticos complexos e uma trama bem-elaborada, A última carta de amor entrelaça as histórias de paixão, adultério e perda de Ellie e Jennifer. Um livro comovente e irremediavelmente romântico."

Informações Gerais:
Ano de Lançamento: 2012
Número de Páginas: 378
Editora: Intrínseca
Como obter: http://www.saraiva.com.br/a-ultima-carta-de-amor-4053985.html
Minha nota:

Este é o meu primeiro contato com a autora Jojo Moyes, e posso dizer a vocês, que a escrita dela me encantou bastante. Comparei o romance aos de Nicholas Sparks (um dos meus romancistas preferidos), e é bem parecido, sobressaindo algumas particularidades. O livro é mesmo fantástico, como todos me diziam, mas não me fez chorar. Meus olhos só encheram de lágrimas rapidamente porque eu estava no ônibus com pessoas me olhando.

Antes de mais nada, adorei a capa do livro, assim que o vi. Ele estava me esperando numa prateleira do sebo, tão lindo. Precisei comprar HAHA. Na época paguei R$16,00 se me lembro bem, estava no plástico ainda. Li o livro em 2 semanas, mais ou menos, para o Projeto "Tá na estante, não leu? Seu amigo escolheu". Caso queiram saber mais sobre o que estou falando, clique aqui. E queria agradecer mais uma vez, a linda da Aline que me indicou para o projeto. Muito obrigada!

Agora sobre a história. Temos a vida da admirável Jennifer Stirling em 1960 e também a da jornalista Ellie Haworth em 2000. As duas são diferentes em quase tudo, a não ser pela situação amorosa. Jennifer tem um bom e bem estabelecido marido, mas também um amante pelo qual é muito apaixonada. Ellie, por outro lado, está se relacionando com um homem casado.

Mas você deve estar se perguntando, como duas mulheres separadas por várias décadas, se encontram neste livro? Acontece que Ellie é jornalista do Nation e para escrever seu próximo artigo precisa vasculhar coisas interessantes no arquivo do jornal que mostrem diferenças comportamentais de uma época antiga comparadas a época atual. Num desses arquivos, ela descobre uma carta endereçada a caixa postal nº 13, que dizia:

Londres, 4 de outubro de 1960

Meu querido e único amor, 
    Eu falei a sério. Cheguei à conclusão de que o único caminho é um de nós tomar uma decisão ousada. 
    Não sou tão forte quanto você. Quando a conheci, achei que você fosse uma coisinha frágil, alguém que eu precisava proteger. Agora percebo que me enganei. Você é a forte de nós dois, a que é capaz de suportar conviver com a possibilidade de um amor como este, e com o fato de que ele jamais nos será permitido.
    Peço-lhe que não me julgue por minha fraqueza. A única forma de eu poder suportar isso é estar em um lugar em que não a veja nunca, em que eu não seja assombrado pela possibilidade de vê-la com ele. Preciso estar em um lugar onde a pura necessidade impeça que você ocupe cada minuto, cada hora dos meus pensamentos. Aqui isso é impossível.
    Vou aceitar o trabalho. Estarei na Plataforma 4, Paddington, às 19h15, sexta-feira à noite, e nada no mundo me faria mais feliz do que você encontrar coragem para vir comigo. 
    Se não vier, saberei que o que sentimos um pelo outro, seja lá o que for, não basta. Não a culpo, minha querida. Sei que a pressão das últimas semanas foi intolerável para você, e o peso disso me afeta profundamente. Odeio a ideia de poder lhe causar qualquer tristeza. 
    Esperarei na plataforma a partir das 18h45. Saiba que você tem meu coração, minhas esperanças, em suas mãos.
    Seu,
    B. 

A partir daí, a vida de Ellie muda, pois ela se sente na ansiedade de saber o que houve com essas pessoas apaixonadas, se elas ficaram juntas ou não. Me peguei em vários momentos, esperando por uma ação das personagens ou angustiada com o que estava ocorrendo. Também demorei pra descobri quem era o tal B. que assinava as cartas. Foi muito divertido ir decifrando tudo aos poucos e várias vezes fiquei boquiaberta. O livro me fisgou para dentro dele. Realmente.

Me disseram que já desistiram do livro por causa do começo lento. Não achei um começo chato, talvez um pouco confuso, porque a autora te dá peças de um quebra-cabeça que você só conseguirá montar mais tarde. Outra coisa que devo lhes dizer, é que no começo de cada capítulo há uma carta ou um e-mail ou uma mensagem de texto de amor., mas que nem todas elas são dos personagens do livro. O que eu só entendi no final quando li os AGRADECIMENTOS. São correspondências reais, gente. Não é incrível?

Uma foto publicada por 🙋Dona: @heloartoni (@jardim_dos_livros) em

Tudo o mais que eu contar, será um spoiler danado. E eu prefiro que vocês leiam-o sem nenhum, para que seja emocionante, como foi para mim. Indico a todos! E deixo a pergunta para quem gosta de Jojo Moyes: qual o próximo livro dela que eu devo ler? *-*




Jojo Moyes nasceu em 1969 e cresceu em Londres. Estudou jornalismo e foi correspondente do jornal The Independent por dez anos. Publicou seu primeiro livro em 2002, e desde então dedica-se
integralmente à carreira de escritora. Jojo vive em Essex com o marido e os três filhos.









Se você já leu, me conte sua opinião nos comentários. 
Grande beijo, e até a semana que vem!


Comentários

  1. Oi Heloísa que bom que gostou do projeto , eu também amei participar , quanto sua resenha adorei , esta muito bem escrita e me deixou ainda mais curiosa para ler o livro , quando terminar de lê-lo volto aqui para dizer o que achei
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Heloísa
    Ainda não li nada da autora, e sua comparação com Sparks é um tanto desanimadora p mim que não sou muito fã. Enfim, adorei sua resenha que apesar de tudo me deixou curiosa com esse final, provavelmente darei uma chance.

    Abraços,
    Coracao Leitor

    ResponderExcluir
  3. Oi,

    Eu já fiz este projeto e adorei. Vontade de fazer de novo.Quero muito ler este livro, parece ser super interessante,

    Paz e beijos
    Juci Pauda
    jusemfrescura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Heloísa, tudo bem com você?
    Então... Eu ainda não li esse livro, preciso muito comprá-lo, pois adoro a escrita da Jojo e só leio excelentes resenhas sobre essa obra. Sua resenha está uma coisa, tão gostosa de ler, bateu aquela vontade de saber todo o resto da história, e olha que você nem contou demais, nem deu spoiler. Somente sua opinião me deixou mais curiosa que nunca. Obrigada!
    Beijos!
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Ainda não li nada da Jojo acredita? Mas esse livro está na minha lista de desejados, pois parece uma história bem bacana.
    Achei um pouco confuso isso de a autora jogar quebra cabeças no começo para poder ser solucionado só no final, mas se eles são resolvidos tão bem como voce falou, e que ficou curiosa descobrindo eles eu compro essa ideia.
    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oii!

    Nunca li nada da Jojo, mas quero muito ler porque todos que leram dizem que são ótimos ^^
    Não conhecia esse, mas amei a capa e a sinopse é muito boa :)
    Parabéns pela resenha!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  7. PRECISO DE LIVRO URGENTE! eu sábia da existência desse livro ,porem nunca tinha lido nada a respeito dele, e eu amei depois dessa resenha , esta na minha lista !

    ResponderExcluir
  8. Jojo sempre conquista nossos corações a cada livro! Estou doida pra ler esse também. Indico a você "Como eu era antes de você". Você não será mas a mesma depois de ler esse livro. Só uma dica: prepare-se para a pior ressaca literária da sua vida!

    Beijinhos!
    www.citacaonumclick.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

OS 17 MELHORES SUSPENSES DE TODOS OS TEMPOS

VOCÊ CONHECE: BERNARDO PELLEGRINI? [3/4]

DIÁRIO DE LEITURA - A GUERRA DOS TRONOS #1