A FAMÍLIA CALDER I: OS DONOS DA TERRA - JANET DAILEY

"O grande império dos Calder se estendia pelas planícies do Oeste até onde a vista podia alcançar. Todos sabiam que a palavra de um Calder era lei, e que um dia Chase Calder iria tomar as rédeas do poder e conduzir o nome da família a novas glórias. Mas na vida do belo e arrogante Chase Calder havia também a linda e obstinada Maggie O' Rourke, que chegara inocente e despertou nele uma ânsia profunda e irresistível. Só que Maggie estava resolvida a se libertar dos códigos violentos dos homens do Oeste. E até mesmo os braços fortes de Chase Calder não a puderam deter. Contudo, em ambos ardia a paixão nua da terra... onde os velhos códigos custam a morrer, e até mesmo o maior dos amores precisa lutar para sobreviver...

UMA HISTÓRIA ÉPICA PELA ÚNICA AUTORA QUE PODERIA CONTÁ-LA DE MODO TÃO MAGNÍFICO - JANET DAILEY!"



Informações Gerais:
Ano de Lançamento: 1981
Número de Páginas: 373
Editora: Record
Como obter: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-712277136-livro-os-donos-da-terra-janet-dailey-_JM

Minha nota:


Primeiro livro da série A Família Calder. O livro conta a história da família de Maggie, os O' Rourke e da família de Chase, os Calder. No primeiro capítulo, nós somos apresentados ao ambiente onde a história se passa: Oeste de Montana - EUA. O lugar é tomado pela fazenda Triplo C, onde impera os Calder, e ao redor desta enorme fazenda, há outras fazendas menores, na qual os pequenos proprietários sofrem muito com a monopolização do território. Os Calder têm muitos funcionários, equipamento de primeira linha, e com isso, fornecem os melhores produtos para o mercado. Por conta disso, sempre houve uma certa rivalidade entre fazendeiros.

A rivalidade mais forte é entre a família Calder e os O' Rourke. Maggie, seu irmão Culley e seu pai Angus vivem numa fazenda caindo aos pedaços, onde criam gado. A mãe de Maggie faleceu quando ela era ainda muito pequena, e era a única que incentivava os filhos a frequentar a escola. Maggie prometeu a si mesma, que realizaria o sonho da mãe, e seria uma mulher luxuosa, fina e deixaria aquele lugar para sempre. Já o pai de Maggie (Angus), se contentava com a vida que tinha. Não pensava em crescer, só o que preenchia a cabeça dele era o desejo de vingança, o ódio pelos Calder, que, como ele dizia, sempre era o culpado por sua desgraça. Para dar conta de cuidar da fazenda, Maggie e seu irmão deixavam de ir à escola, para cuidar da casa, cozinhar, costurar e também ajudar com o gado.

Já na poderosa Triplo C, vivem Chase Calder e seu pai Webb Calder - Chase tinha como mãe "postiça" a empregada de sua casa, mãe de Buck Haskell. Buck era como um irmão para ele, cresceram juntos e trabalhavam juntos na fazenda. (Não sei se foi malícia minha, mas parece que Webb tem uma queda pela empregada). Enfim, Chase sempre recebeu ensinamentos do pai, porque, afinal, ele herdaria todo aquele império de terras um dia.

Um dia, enquanto Maggie ajudava o pai a transportar o gado de um pasto para outro, ela se atrapalha e cai do cavalo. Imediatamente, os peões que estavam do lado da cerca dos Calder, se prontificam a ajudar, mas Chase chega primeiro e pega-a pelos braços. É aí que percebe a moça formosa que Maggie era, porque até então, via-a como um moleque, vestida com as roupas velhas e largas do seu irmão. Mas agora, Chase sente os seios, a cintura...percebe que existe uma mulher por baixo daqueles panos. Ela também viu que Chase olhou-a com um olhar diferente e se incomodou com isso.

Passado um tempo, Chase não aguenta mais desejá-la à distância e vai procurá-la. A partir daí, começa o romance, uma paixão incontrolável. O que a autora soube fazer, porque eu já li tantos livros de romance, e este realmente, foi além das minhas expectativas. Fiquei tão aflita em saber o que viria depois, que fui devorando o livro. Quando me dei conta, já estava nas últimas páginas. Não queria que acabasse nunca, mas fico tranquila porque ainda tem mais 3 livros pela frente. E você pode pensar que são muitos, mas gente, confiem em mim, tem muita história para ser contada ainda. A série original (em inglês) tem 11 livros, no Brasil só foram traduzidos 4. Mas a editora promete que a história é concluída em 4 volumes mesmo.

Pra mim, os melhores capítulos foram os que tratavam do romance principal; não que os outros não sejam bons quanto, mas eu ficava muito ansiosa para saber o desenrolar do casal. E foi até difícil pensar qual dos dois é o personagem principal, porque há capítulos que tratam separadamente de cada um; mas na minha opinião, a principal é Maggie. O livro faz referência à Lolita, livro de Vladimir Nabokov, na página 141; o que me deixou louca para ler Lolita. Também encontei palavrões do tipo: foder, filho da puta, porra, etc... No começo me assustou, mas depois já nem ligava e é algo que não estraga a leitura. O livro me pareceu quase erótico nas cenas de amor do casal, picantes em último grau (adoreeei HAHA). O final também é inesperado, fiquei em estado de choque! Vale a pena ler.

Minha citação preferida foi:

"Uma vez que se traça uma linha, nunca se deve recuar dela para traçar uma nova linha. Um homem tem que manter firme sua posição, ou viver recuando." (pág.30)

Quero agradecer a minha madrinha, que me emprestou essa relíquia sensacional, e dizer que já baixei os outros da série em PDF, porque infelizmente, alguém emprestou os outros livros dela e não devolveu mais. Isso é crime, devolva logo pessoa! Recado dado.

 Grande beijo e até a próxima! :*

Comentários

  1. Oi, achei a historia interessante e sua resenha despertou o meu interesse, o e o fato das famílias serem rivais só deixou mais interessante.
    bjus
    http://recantoliterarioeversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que história legal, Heloísa...
    No comecinho da sua resenha fiquei super empolgada, pois ele parece trabalhar, ao menos um pouco, temas que eu amo estudar, como a ocupação do oeste norte americano...
    Adoro histórias de amor e essa com certeza me animou..

    Bjo
    Bom fds!

    ResponderExcluir
  3. Oi, a capa do livro e até a premissa em si me lembrou os romances de banca. Gostei da história, mas não pegaria para ler por agora por não ser livro único, estou com muitas series intactas na estante e preciso lê-las primeiro. Quanto aos palavrões nem me assusto quando os encontro em livro, eu falo e muito,então é bem normal pra mim,hahahaha. Cenas picantes, uhuuu, e final inesperado é maravilhosamente bom. Adorei a resenha bem detalhada e que os outros livros sejam bons também, ou melhores. E gente, devolvam o livro da tia dela.

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Oiee ^^
    Saber que o final é inesperado e que o livro conseguiu te surpreender me deixou animada para ler, apesar de eu não ser muito fã de histórias com cenas quentes. Prefiro bem mais as mais dramáticas, sabe? Onde os personagens têm um passado trágico e etc. Ainda não conhecia esse livro, mas fiquei curiosa para lê-lo.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Famílias rivais e amores explosivos são temas que chamam minha atenção, gostei muito da sua resenha e fiquei com muita vontade de conhecer os personagens e suas histórias.E gostei mais ainda por serem 4 livros,adoro continuações.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito da sua resenha. Dá bastante vontade de conhecer esse livro. :D
    beijos
    www.prateleirasemfim.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi *---*

    Não sou fã de livros hots, e esse parece ser assim. Algo que eu sei que me incomodaria na leitura são essa palavras de baixo calão, sério, ainda não sou acostumada a isso e acho forçado o uso delas. Apesar disso a premissa do livro me deixou curiosa, quero saber do porque de tanta empolgação da sua parte hahahha.


    Bjos

    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. oi
    a sua resenha me chamou a atenção,gosto de livros assim,vou anotar essa dica ;)
    adoro tramas que possuem continuações.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Oii!

    Não conhecia a trama, mas achei sensacional!
    A capa é linda, sua resenha ficou ótima e já anotei essa dica :)
    Parabéns pela resenha!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

OS 17 MELHORES SUSPENSES DE TODOS OS TEMPOS

VOCÊ CONHECE: BERNARDO PELLEGRINI? [3/4]

DIÁRIO DE LEITURA - A GUERRA DOS TRONOS #1