VOCÊ JÁ OUVIU FALAR EM BIBLIOTERAPIA ?

Os livros podem curar?


Um livro novo é produzido a cada 15 segundos. Por isso, são mais de dois milhões de títulos por anos; uma tiragem média de 2.000 exemplares vira 4 bilhões de volumes que inundam o planeta todos os anos, árvores caindo em profusão, uma chuva de livros pior que o pior dos dilúvios, um tsunami de livros. Parece muito ruim, né? Aí entra a dicussão do "por que ler livros físicos quando se tem e-books?". É a tecnologia a favor do meio ambiente. Mas, não é nesse ponto onde quero chegar, deixemos isso para discutir em um outro post.

O livro é um objeto de prestígio e quem o lê também se torna valorizado. Pensamos livro e pensamos em um objeto respeitável, portador dos saberes que o mundo necessita. O livro sempre conservou essa reputação.

Existem livros bons e ruins de acordo com seu gosto. E mais, existem livros que mudam sua vida. Ou, pelo menos, é isso que dizem os “biblioterapeutas” da School of Life, uma instituição dirigida em Londres pelo filósofo best-seller Alain de Botton. “A vida é muito curta para ler livros ruins”, diz sua apresentação, “o problema é que, com milhares de livros publicados, é difícil saber por onde começar”. 

Antes de tudo, descubra as vantagens dos livros:

  • ler parece uma perda de tempo, mas na realidade é uma economia enorme, porque apresenta conjuntos de fatos e emoções que você levaria anos, séculos para viver;
  • ler é entrar em um simulador de vida que o leva a testar sem perigo todo tipo de situações e decidir o que lhe convém mais;
  • ler produz a magia de mostrar como os demais veem as coisas e então mostra as consequências de suas ações e isso o faz ser uma pessoa melhor;
  • ler o faz sentir menos sozinho porque mostra que outros pensaram as coisas estranhas que você pensa, que souberam colocar em palavras que lhe descrevem ainda melhor do que você mesmo poderia;
  • ler o prepara para isso que a crueldade do mundo moderno chama “fracassar”, mostrando a falsidade, a banalidade disso que o mundo chama “sucesso”.


Por isso, não podemos tratar a leitura como um entretenimento, um passatempo de férias, mas como um instrumento para viver e morrer com mais sentido e sabedoria. Ou seja: uma terapia. 
A biblioterapia consiste em conversar com o “paciente”, escutar seus problemas, seus gostos, suas experiências de leitura e recomendar-lhe três ou quatro livros que podem ajudá-lo melhor. Cada consulta não custa mais do que 110 euros (383 reais) —uns cinco ou seis livros. Ainda não existem estudos sobre sua eficácia; por enquanto sabemos que a biblioterapia já chegou à França —e ameaça cruzar os Pirineus.
A biblioterapia pode atuar em hospitais, escolas, creches, asilos, etc. Veja mais detalhes no vídeo abaixo:



Existem vários cursos de Biblioterapia, entre eles o da psicóloga e biblioterapeuta Cristiana Seixas, no Brasil. O curso é direcionado a psicólogos, arteterapeutas, bibliotecários, educadores, profissionais da área da saúde, estudantes, contadores de histórias e demais interessados em cuidar e transformar pessoas. Caso se interesse, clique aqui.


E você, leitor(a), acredita que os livros tem o poder de curar? 
Pense no que as suas leituras te proporcionaram até então. E deixe seu comentário. 
Grande beijo e até a próxima!

Comentários

  1. Oiee ^^
    Nunca parei para pensar se os livros poderiam ou não curar pessoas, e realmente não sei se isso realmente acontece. Sim, os livros nos levam para diversos mundos, países e histórias, onde vivemos centenas de vidas totalmente diferentes, e eles podem mudar nossas vidas, mas curar eu ainda não sei. Achei interessante esse curso, não conhecia biblioterapia até agora.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Heloísa. Tudo bem?
    Ler sempre traz bons benefícios.Abre a imaginação para vários horizontes e vários mundos.Não sabia que tinha cursos para biblioterapia e sua postagem foi bem interessante.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oii!

    Ler sempre é bom! Adorei a postagem, achei super-interessante!

    Vitória,

    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  4. Eu trabalhei muitos anos em um hospital pediátrico onde a literatura é muito usada no tratamento das crianças então eu tenho certeza de que isso funciona mesmo. Tanto com crianças,quanto nos adultos,os livros são fonte de luz e alegria para aqueles que precisam de esperança.

    bjsss


    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

OS 17 MELHORES SUSPENSES DE TODOS OS TEMPOS

VOCÊ CONHECE: BERNARDO PELLEGRINI? [3/4]

VOCÊ CONHECE: BERNARDO PELLEGRINI? [4/4]