UMA GAROTA AUDACIOSA PRECISA SABER JOGAR VÔLEI !?

REGRAS DO VÔLEI

O vôlei, ou volleyball, foi inventado em 1895, para ser um esporte que, diferentemente do futebol, basquete ou handebol, não tivesse contato direto entre os adversários. O objetivo do jogo é fazer pontos quando a bola toca na quadra adversária ou quando vai para fora após ter sido tocada por um oponente.

Uma partida de vôlei é dividida por sets de 25 pontos, sendo que, para vencer um set, a equipe precisa ter, no mínimo, dois pontos de diferença no placar. Se não, o set continua até que essa diferença aconteça. O time vencedor é aquele que ganhar três sets, o que significa que um jogo de vôlei pode ter até cinco sets. Quando isso ocorre, o último set se chama tie-break, e termina na marca de 15 pontos, também quando houver uma diferença de dois pontos no placar.

Um campo oficial de vôlei tem 18 metros de comprimento por 9 metros de largura, com uma rede dividindo-o no meio, formando dois quadrados de 9 metros de lado. A rede é ajustada a 2,43 metros do chão no vôlei masculino, e a 2,24 metros no feminino. No vôlei, as linhas que delimitam o campo valem como dentro e, portanto, marcam ponto. Dentro de cada quadra do campo existe mais uma linha, marcada a 3 metros da rede, que separa a quadra entre a área da rede e a do fundo.


Cada equipe tem seis jogadores em campo e mais seis na reserva; cada time pode fazer seis substituições por set, e um jogador só pode ser substituído uma vez, exceto o líbero - um jogador especializado em defesa - que pode substituir qualquer jogador posicionado na linha de trás. As trocas envolvendo o líbero são limitadas, mas deve haver um rally entre duas substituições de líbero, e ele só pode ser trocado pelo jogador com quem trocou.

Os seis jogadores em quadra se posicionam em duas fileiras de três, uma próxima à rede e a outra na área de fundo. O primeiro jogador do fundo à esquerda é o número 1, e os seguintes são numerados no sentido anti-horário.

O jogador número 1 é o primeiro a sacar, se colocando atrás da linha de fundo e acertando a bola com a mão de modo a fazê-la atravessar a própria quadra e tocar a quadra adversária. Os jogadores do outro time devem fazer a bola retornar com no máximo três toques, e o mesmo jogador não pode tocar a bola duas vezes seguidas. 

O primeiro toque é a recepção ou passe, que deve evitar que a bola toque o chão da quadra. Depois, o jogador faz o levantamento, que acerta a trajetória da bola e prepara o time para o terceiro e último toque, o ataque, que é o momento certo para o jogador tentar marcar um ponto. Se a equipe consegue fazer o ponto, o direito de saque passa para ela. Se não, as jogadas continuam se alternando até alguém conseguir fazer o ponto. Se o time que fizer o ponto for o que sacou, as posições se mantêm e o jogador continua a sacar. Se for o outro time, os jogadores devem se movimentar em sentido horário para que o jogador à esquerda do número 1 possa sacar.

FUNDAMENTOS

Os fundamentos do vôlei são as seis habilidades básicas que foram sendo introduzidas no jogo no decorrer da história. Cada fundamento tem sua técnica, que todo jogador deve conhecer e dominar.

1. Saque

Pode ser "por baixo" ou "por cima", ou seja, se o jogador acerta a bola por baixo, nonível da cintura, com o punho fechado, ou se primeiro atira a bola para cima e depois faz o contato com a mão espalmada. O saque por baixo não é muito utilizado em competições, por ter uma recepção muito fácil, mas é uma boa idéia começar por essa técnica: para sacar por cima é necessário ter mais força e mais precisão no toque.


Um tipo de saque que foi muito popular na década de 1980 foi o "jornada nas estrelas", um tipo de saque por baixo no qual o jogador coloca tanta força no braço que a bola atinge alturas incríveis, de até 25 metros, fazendo com que a queda seja praticamente na vertical. Hoje é considerado ultrapassado pelos profissionais, mas ainda pode impressionar muito se você estiver jogando com suas amigas numa quadra improvisada.

Bernard faz saque jornada nas estrelas: sensação nos anos 80
Assista aqui: http://globoplay.globo.com/v/3900823/

2. Passe ou Recepção

É o primeiro toque feito pelo time que recebe a bola pelo saque. O passe deve , ao mesmo tempo, evitar que a bola toque o chão (e que o time adversário marque um ponto) e fazer a bola chegar sem problemas à companheira de time que irá fazer o levantamento. Esse fundamento é composto de duas técnicas, a manchete e o toque. 

A manchete é feita com os braços estendidos e as mãos e antebraços unidos. A bola deve tocar no espaço entre o pulso e a metade do antebraço, para que a força e a direção sejam corretamente traçadas. Também é importante flexionar as pernas, pois é daí que vem a força do passe.

O toque é usado para bolas altas, pois o jogador deve "beliscar" a bola com a ponta dos dedos acima da cabeça. Essa recepção é a preferida dos profissionais, pois dá maior controle no direcionamento da bola.













3. Levantamento

Depois da recepção, a bola passa ao segundo jogador, que fará o levantamento. Seu objetivo é colocar a bola na posição exata para o próximo jogador, que fará o ataque. É nesse fundamento que vemos a diferença entre os amadores e os profissionais: nos times profissionais, o levantamento é um dos momentos mais importantes da jogada; é aí que o jogador analisa o movimento dos adversários e coloca a bola no melhor lugar para que o ataque se transforme em ponto. Quando, em vez de fazer um levantamento, o jogador joga a bola diretamente para a quadra adversária, diz-se que foi uma "bola de segunda".

4. Ataque

Esse é o último toque do time, que deve utilizá-lo para conquistar o ponto. Para realizar o ataque, o jogador dá uma passada, dois ou três passos contados para conseguir impulso, pula e então atinge a bola com toda a força. O tipo de ataque mais famoso é a cortada, em que o movimento do braço na bola é de cima para baixo, de modo a atingir a bola com força e fazê-la descer muito rapidamente, chegando até a 200 km/h.

Um ataque conhecido das nossas seleções de vôlei é também a largada, quando, em vez de atingir a bola com toda a força, o jogador somente toca a bola de leve, direcionando-a para uma área da quadra adversária que não esteja bem protegida.

Quando o ataque é feito por um jogador do fundo da quadra, ele não pode pisar na linha de 3 metros antes de tocar a bola, embora possa aterrisar aí depois de fazer sua jogada.

5. Bloqueio

Os jogadores que ocupam a área da rede podem, antes do ataque adversário se juntar e efetuar um bloqueio. Estentendo os braços para cima, os jogadores procuram dificultar o ataque adversário, diminuir a velocidade da bola e, na melhor das hipóteses, rebater a bola direto para a quadra adversária, marcando um ponto de bloqueio. Dependendo do número de jogadores, o bloqueio pode ser simples, duplo ou triplo.

6. Defesa

E quando a bola adversária foi tão boa que você só pode pensar em não deixar o time adversário fazer o ponto? É aí que entra a defesa. Você não está querendo fazer um belo toque para sua companheira dar uma cortada, só precisa evitar o ponto do outro time. Quando o toque ou a manchete não se aplicam a uma jogada, você pode tentar outras técnicas de defesa, como o peixinho, no qual a jogadora "mergulha" em direção à bola, com os braços esticados, e aterrissa de barriga para baixo na quadra. Outra possibilidade é o martelo, feito com as mãos fechadas, como se fosse um soco duplo na bola. Normalmente, o martelo é usado quando a bola veio alta, mas com força demais para ser controlada com a ponta dos dedos. 

É claro que essas são as regras oficiais do jogo, mas quando você estiver no quintal, com suas amigas, pode modificá-las de acordo com as necessidades de vocês. Se só ouver seis meninas, façam times de três ou então organizem um torneio de duplas! Você pode comprar redes oficiais em lojas de esporte, mas elas são um pouco caras e normalmente grandes demais para um joguinho amigável. Vocês podem improvisar com barbantes, uma toalha de mesa velha ou um elástico bem comprido preso em dois postes, ou entre um muro e uma cerca... O que vale é a diversão!

CURIOSIDADES

O vôlei é um dos esportes mais populares do Brasil. Depois de inúmeros títulos em campeonatos mundiais, a seleção feminina conquistou o ouro, um título inédito, nas Olimpíadas de Pequim, na China, em 2008. 

O vôlei de praia, que surgiu a partir do vôlei nas areia das praias da Califórnia, também é muito popular, jogado em todo litoral brasileiro. As dimensões oficiais da quadra são um pouco menores que as do vôlei tradicional (16 x 8 metros) e é disputado com dois jogadores de cada lado. O vôlei de praia tornou-se esporte olímpico em 1996, nos jogos de Atlanta, com uma dobradinha brasileira no pódio: Jacqueline Silva e Sandra Pires ficaram com o ouro, sendo as primeiras brasileiras a ganharem a medalha dourada, e Mônica Rodrigues e Adriana Samuel, com a prata.

Sandra Pires e Jacqueline Silva (medalha de ouro)
Mônica Rodrigues e Adriana Samuel (medalha de prata)

Como esse projeto começou? Acesse e fique por dentro.

Comentários

  1. Oi Heloísa.

    Eu gosto de assistir jogos de vôlei, mas minha altura não ajuda, sou baixinha. Sua postagem irá ajudar muitas pessoas que está interessado em saber as regras. Muito bom seu projeto.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii!

    Nossa! Que poste legal!
    Eu não sabia muito sobre o vôlei porque não curto muito esporte, mas achei bem interessante as curiosidades que colocou no final :)

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  3. Oiiii,
    Muito legal saber um pouco mais sobre esse esporte. :D
    beijos
    www.prateleirasemfim.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu adorava jogar vôlei quando era mais nova,mas tem muitos,muitos anos mesmo que não chego perto de uma bola e uma quadra... hahahaha
    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  5. Já fui campeã de vôlei na escola...kkkk Fiquei na reserva mais fui campeã!!!
    Confesso que amo assistir campeonatos mundiais mesmo não jogando muito bem!
    Enfim, não sou audaciosa demais, porém adorei essa postagem!
    Um incentivo é sempre bem vindo!Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá

    Adoro vôlei,mas só pra assistir mesmo, até lembro de praticar um pouco no tempo da escola.mas foi bem pouco mesmo, prefiro assistir, adorei o post.

    Bjss

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

OS 17 MELHORES SUSPENSES DE TODOS OS TEMPOS

VOCÊ CONHECE: BERNARDO PELLEGRINI? [3/4]

DIÁRIO DE LEITURA - A GUERRA DOS TRONOS #1